Educação financeira: importância e como começar

20 de outubro de 2020

O termo “educação financeira” tem se tornado cada vez mais popular e, com certeza, você já deve ter ouvido falar sobre isso por aí! Mas e aí, o que ele significa de verdade? A educação financeira tem a ver com saber como lidar com seu dinheiro, ou seja, usá-lo de forma consciente, reduzir gastos desnecessários e mudar a forma de consumo. Saber administrar o próprio dinheiro é sinal de independência e é importante para melhorar sua relação com as finanças. Entenda como começar!

Qual é o primeiro passo?

Vontade! Quando a gente se dispõe a aprender alguma coisa, fica mais fácil de se interessar pelo assunto e procurar por conteúdos relacionados. Também é importante entender a importância do dinheiro e o valor do seu trabalho: o que você faz para ganhar dinheiro? Você gasta mais do que ganha? Qual sua relação com seu saldo no final do mês? Reflita sobre tudo isso. A educação financeira requer humildade e vontade de aprender todos os dias.

Como organizar os gastos?

Agora é que o “trabalho pesado” começa! Isso porque você vai encontrar seus gastos, identificar possíveis exageros e distribuir bem seus ganhos. Nunca gaste mais do que ganha, tente olhar para o consumo de modo mais equilibrado (ao invés de compulsivo), quite suas dívidas, mantenha o saldo positivo e comece a investir. É muita coisa, né?! Não se apavore, porque nada disso ocorre da noite para o dia. Tenha paciência e, aos poucos, evolua!

Gostou? Fique ligado nos próximos textos sobre este tema!

Informações sobre este consórcio

Para continuar, precisamos que preencha os dados abaixo.

Estamos processando a sua requisição, aguarde um momento por favor

Olá

Escolha com qual setor você deseja conversar: